Por Marcos Schalch

Presidente do Espaço Caminho de Ascensão

Dentro dos inúmeros sistemas filosóficos existentes, o espiritualismo é a base vigente para ações no Espaço Caminho de Ascensão. Segundo o espiritualismo, há uma existência além da realidade material e o processo evolutivo de cada ser é contínuo dentro da sua jornada.

Sabendo que o plano espiritual é parte tão ou mais importante que o material para o Espaço, um membro integrante da casa, seja ele colaborador ou consulente, deve ter ciência de como a casa e os planos atuantes entendem como comportamento esperado.

De princípio, o entendimento evolutivo deve contemplar que todos estão em um contínuo processo de melhoria. Tal processo é único, exclusivo e totalmente pessoal – as escolhas feitas geram consequências singulares, sem a necessidade de julgamento alheio. Ninguém, seja encarnado ou não, tem autonomia de repreender, controlar ou intervir no livre-arbítrio de escolhas ou vontades de outrem sem a devida ou solicitada anuência.

Entendendo o processo de melhoria, o comportamento esperado parte para a constatação que o corpo material limita o alcance dos encarnados, sejam estes alcances de ordem visual, auditivo, cinestésico ou de locomoção. A matéria tem um espectro limitado de captação consciente e os integrantes do plano espiritual podem auxiliar os interessados a decifrar comportamentos, acontecimentos, sensações ou sentimentos metafísicos.

Por último, todo integrante do Espaço Caminho de Ascensão precisa ter como certeza de que todos ao seu redor estão fazendo o melhor com a informação emanada. Se um ser buscar o bem como jornada, a cercania dele captará o querer e vibrará de volta em sincronia, mesmo vibrando o mal para todo o restante do sistema. Como em um circuito magnético, atraímos o que emanamos.

Que cada um reflita na intensidade desejada sobre o próprio comportamento e faça ajustes, caso necessário, para uma melhor trajetória de existência.