CERTA VEZ PERGUNTARAM A UMA MÃE QUAL ERA SEU FILHO PREFERIDO, AQUELE QUE ELA MAIS AMAVA.

E ELA, DEIXANDO ENTREVER UM SORRISO, RESPONDEU:

“NADA É MAIS VOLÚVEL QUE UM CORAÇÃO DE MÃE, E COMO MÃE LHE RESPONDO: O FILHO PREDILETO, AQUELE A QUEM ME DEDICO DE CORPO E ALMA É…

MEU FILHO DOENTE, ATÉ QUE SARE

O QUE PARTIU, ATÉ QUE VOLTE

O QUE ESTÁ CANSADO, ATÉ QUE DESCANSE

O QUE ESTÁ COM FOME, ATÉ QUE SE ALIMENTE

O QUE ESTÁ COM SEDE, ATÉ QUE BEBA

O QUE ESTUDA, ATÉ QUE APRENDA

O QUE ESTÁ COM FRIO, ATÉ QUE SE AGASALHE

O QUE NÃO TRABALHA, ATÉ QUE SE EMPREGUE

O QUE NAMORA, ATÉ QUE SE CASE

O QUE CASA, ATÉ QUE CONVIVA

O QUE É PAI OU MÃE, ATÉ QUE OS CRIE

O QUE PROMETEU, ATÉ QUE CUMPRA

O QUE DEVE, ATÉ QUE PAGUE

O QUE CHORA, ATÉ QUE CALE”

E JÁ COM O SEMBLANTE BEM DISTANTE DAQUELE SORRISO, COMPLETOU….

“O QUE JÁ ME DEIXOU………..ATÉ QUE O REENCONTRE”

(EMMA BOMBECK)