Na vida, de um modo geral, somos regidos por dualidades, paz e guerra, amor e ódio, claro e escuro, esquerda e
direta, entre outros. Por esta razão muitos associam a linha de trabalho de esquerda com o mal, o que é um
equívoco.

  • São entidades de energia mais densa, pois, devido a sua natureza, encontram-se ainda muito ligados ao plano
    terrestre e a matéria, e por esta razão, são os espíritos que melhor nos entendem, pois conhecem os problemas
    humanos com maior intimidade.
  • São conhecidos por diversos nomes, como Exus, Pomba-giras, Malandros e Exus-mirins.
  • São mestres em nos auxiliar em questões mais mundanas, como nos relacionamentos amorosos, trabalho,
    comércio, finanças, embates sociais e familiares, e outros problemas. Sempre de um modo muito peculiar nos
    aconselham e ajudam na solução.
  • Nos trabalhos de assistência, são fundamentais, pois são eles os responsáveis por guardar e proteger o
    perímetro local contra as influências e investidas exteriores do mal e podemos dizer que são verdadeiros
    soldados.
  • Qualquer entidade, de qualquer linha de trabalho, busca a sua evolução espiritual. Porém, a Esquerda é formada
    por entidades que ainda estão trabalhando para compreender a existência de seres superiores e assim poder se
    aproximar deles.
  • Enquanto as chamadas linhas de direita, como pretos velhos, caboclos, baianos, entre outras, trabalham na
    reestruturação energética, as entidades de esquerda trabalham consumindo e absorvendo os desequilíbrios, as
    viciações, os desvirtuamentos e a negatividade.
  • São muito francos e sinceros, e as vezes de forma tão irreverente que podem não se incomodar com questões
    morais ou vocabulário. Além disso, caracterizam-se por sua sagacidade, sensualidade, persuasão, sociabilidade,
    inteligência, alegria, bom humor, caráter prestativo, comunicativo e extrovertido, além de serem incansáveis ao
    esbanjar vitalidade.
  • Valorizam muito seus vínculos de amizade, são absolutamente fiéis e confiáveis, porém muito cuidado, pois se
    uma pessoa lhes é verdadeira e solidária, tal entidade lhe será eternamente leal. No entanto, se perceberem
    sinais de traições contra si, ou outros que querem bem, por menores que sejam, poderão atuar da mesma
    forma, pois seus instintos mais primitivos ainda encontram-se bem ativos.
  • Atuam na desfeita de demandas (trabalhos de magia negra contra as pessoas), abertura de caminhos e também
    nos trabalhos de desobsessão, na doutrinação e esclarecimento, onde poderão conduzir tais espíritos à
    assistência fraterna, caso desejem, ou conduzir os relutantes aos seus locais apropriados.
  • Certas entidades podem apresentar-se com características de crianças, porém falam, fumam e bebem como
    adultos. De fato, de crianças só possuem os trejeitos, e estes são os chamados exus-mirins.
  • Algumas entidades, devido ao seu grau de evolução intermediário, podem transitar e atuar tanto nos campos de
    direita, quanto de esquerda. E podem atuar, por exemplo, como mensageiros entre as duas esferas vibracionais,
    em resgates de almas em regiões umbralinas e também em trabalhos de cura espiritual e energética.

“Você precisa de um médico, mas precisa também de um policial. Você precisa de um filósofo, mas precisa também
de um carcereiro. Então há de ter quem desce as trevas e não apenas quem sobe a luz. Os dois estão nos
orientando. Pela direita trabalhando minhas virtudes, pela esquerda trabalhando meus vícios.”
Alexandre Cumino