ONDE VOCÊ VÊ
(Fernando Pessoa)

ONDE VOCÊ VÊ OBSTÁCULO, ALGUÉM VÊ O TÉRMINO DA VIAGEM E O OUTRO VÊ UMA CHANCE DE CRESCER.
ONDE VOCÊ VÊ UM MOTIVO PRÁ SE IRRITAR, ALGUÉM VÊ A TRAGÉDIA TOTAL E O OUTRO VÊ UMA PROVA PARA SUA PACIÊNCIA.
ONDE VOCÊ VÊ A MORTE, ALGUÉM VÊ O FIM E O OUTRO VÊ O COMEÇO DE UMA NOVA ETAPA.
ONDE VOCÊ VÊ A FORTUNA, ALGUÉM VÊ A RIQUEZA MATERIAL E O OUTRO PODE ENCONTRAR POR TRÁS DE TUDO A DOR E A MISÉRIA TOTAL.
ONDE VOCÊ VÊ A TEIMOSIA, ALGUÉM VÊ A IGNORÂNCIA E O OUTRO COMPREENDE AS LIMITAÇÕES DO COMPANHEIRO PERCEBENDO QUE CADA QUAL CAMINHA EM SEU PRÓPRIO PASSO E QUE É INÚTIL QUERER APRESSAR O PASSO DO OUTRO, A NÃO SER QUE ELE DESEJE ISSO.
CADA QUAL VÊ O QUE QUER, PODE OU CONSEGUE ENXERGAR “PORQUE EU SOU DO TAMANHO DO QUE VEJO E NÃO DO TAMANHO DA MINHA ALTURA”