Olhos de Águia, psicografia de Marcos Schalch

O chão onde você pisa. A roupa que te acolhe. A comida ingerida. A montanha, o rio e todo o resto, tudo é energia.

Igual a todos, você também é energia. E quando você nota que está se sentido fraco, sem ânimo e até triste, quer dizer que a energia que você está utilizando é maior que a recebida.

Nestes momentos, procure estar o máximo de tempo possível no maior polo energético disponível a quem quiser, in-dependente da filosofia, restrição física, condição financeira, intelectual ou social: a Natureza.